Home / Destaques / “Na vida de cada pessoa impactada está o resultado do nosso trabalho” – Paula Perfeito, presidente PWN Lisbon
Paula Perfeito, presidente da PWN Lisboa
Paula Perfeito, presidente da PWN Lisboa (Fonte: Divulgação)

“Na vida de cada pessoa impactada está o resultado do nosso trabalho” – Paula Perfeito, presidente PWN Lisbon

Por: Ana Vieira


Com o propósito de promover um sentido de liderança agregador da diversidade, da equidade e da inclusão, a PWN Lisbon (Professional Women’s Network) promove o desenvolvimento profissional das mulheres em todas as suas etapas. Para tal, desenvolve programas de formação em liderança e mentoring, investigação e desenvolvimento da rede de influência e partilha de modelos de excelência.

Em entrevista à PME Magazine, Paula Perfeito, presidente da PWN Lisboa, não tem dúvidas da grandeza do desafio, mas garante que “o nosso entusiasmo é maior. E temos a confiança de que o mundo precisa de (todos) nós”.

 

PME Magazine – Este ano, a PWN Lisbon Dream Day (29 de novembro) tem como tema “Engaging All for Change – A Life Story”. Qual será o fio condutor das reflexões e partilhas que vão ser feitas?  

Paula Perfeito – O evento parte de um “Think Case – Fundações da Vocação e do Talento”, numa primeira intervenção inspiracional; evolui para o “Use Case – Desenhar o Futuro”, centrado no tempo da juventude; faz um retrato científico do estado da diversidade nas organizações com a apresentação do “Case Study | Portuguese Women´s Equality Observatory”; integra a discussão Diversity Think Case | Duas Rotas de Vida, incluindo dois percursos antagónicos, mas igualmente viáveis e plenos; e aborda as “Jornada(s) de Vida”. No fim, desemboca nas missões de vida que se tornam incontornavelmente maiores do que os próprios protagonistas e na capacidade de gerar impacto, transformar a vida das pessoas e deixar uma marca na construção de uma sociedade mais justa, mais sustentável.

Este é o fio condutor previsto para o PWN Lisbon Dream Day, considerado o momento nobre do ano para a PWN Lisbon, pela capacidade de reunir cerca de 300 pessoas, entre parceiros, membros e voluntários, num encontro único e inspirador, com ampla representação dos setores e atividades organizacionais mais relevantes da sociedade portuguesa. Este ano com o chapéu temático ”Engaging All for Change – A Life Story”, propõe uma abordagem de reflexão da diversidade enquanto chave para a sustentabilidade empresarial.

Com a apologia de que a diversidade se constrói através de valores, vocações, talentos e um profundo sentido de propósito, e sabendo que é um fator determinante da longevidade e saúde das organizações, o evento anual da PWN Lisbon convoca todos para as mudanças do tempo atual. Simultaneamente, ilustrando uma espécie de linha do tempo, revisita através dos diversos momentos do programa os diferentes momentos em que ao longo da vida vai sendo construída e consolidada, do ponto de vista individual, a decisão sobre o que se quer ser e que missão se tem, essa redescoberta contínua. Daí a ideia de ciclo de vida e do contributo que todos podemos dar, nos nossos distintos estádios de desenvolvimento, para um projeto maior do que nós… Serão exploradas, assim, duas jornadas complementares e indissociáveis da existência corporativa: das organizações, que necessitam do contributo de todos e da sua diversidade no global; e dos indivíduos, na sua singular evolução de vida.

 

PME Magazine – Além do PWN Lisbon Dream Day, que outras ações tem desenvolvido a organização?

Paula Perfeito – Com 12 anos de atividade, a PWN Lisbon tem hoje consolidado o seu real propósito: ser referência na construção e consolidação da liderança, assente nos critérios na diversidade, equidade e igualdade e procurando o desenvolvimento da pessoa numa perspetiva absolutamente integral. É no quadro deste contributo que a PWN Lisbon está, hoje, posicionada como stakeholder de referência em Portugal.

A concretização desta visão está ancorada em 3 principais eixos de atuação: Programas e Iniciativas inovadores, pioneiros em Portugal; uma Academia de Competências; e uma prática de contacto com Role Models e rotinas de Networking.

O Programa Youth está desenhado para criar e promover uma nova geração de mulheres líderes, orientado para profissionais entre os 25 e os 35 anos e com pelo menos dois anos de experiência profissional. Desde o seu arranque, em 2018, integrou mais de 100 mulheres.

O Programa de Mentoring, numa abordagem de planeamento e desenvolvimento de carreira e através de uma dinâmica de duplas entre Mentes e Mentores de referência, assenta numa relação de compromisso que envolve partilha de conhecimento e experiências. Foi inaugurado com a criação da própria PWN Lisbon, tendo registado até hoje a participação de perto de 500 duplas, cada uma contando com a habitual figura do Angel (espécie de árbitro em caso de necessidade).

No Programa de Neuroleadership, a pensar nas mulheres e nos homens em cargos de gestão intermédios, com potencial para a gestão de topo, a PWN Lisbon contou também desde o arranque da organização com cerca de 900 participantes, entre mulheres e homens.

A iniciativa Women on Board, lançada pela PWN Lisbon em 2017, antecipou a aprovação da lei que definiu que as empresas públicas e as cotadas passariam a cumprir 33,3% de cargos femininos nos CAs e nos órgãos de fiscalização. Recentemente, e numa lógica estratégica de envolver todos os stakeholders no campo da diversidade, esta iniciativa foi redesenhada e evoluiu para uma abordagem em consolidação de Engaging All.

A atividade da PWN Lisbon mede-se, também, através da dinamização da Academia de Competências, no âmbito da qual todos os meses são promovidas, com oradores de referência, sessões de formação de suporte à gestão e liderança e, ainda, encontros de role model, networking e partilha de boas práticas. Com todos os seus programas e iniciativas, a PWN Lisbon procura contribuir para transformar positivamente a capacidade de pensar a carreira e o seu propósito, aliada à promoção de valores e referenciais de ética.

 

PME Magazine – Aos dias de hoje, quais são os principais desafios da PWN Lisbon? Ainda são os mesmos comparando com a altura (2011) em que foi criada?

Paula Perfeito – Naturalmente que, 12 anos depois, os desafios são novos, tendo em conta o nível de desenvolvimento e de maturidade que a própria organização ganhou. E, ainda, porque ao longo deste período de tempo decorrido, o mundo mudou radicalmente.

Ora, sendo o propósito da PWN Lisbon posicionar-se como uma referência na construção e consolidação de lideranças com impacto, o tempo que atravessa é um desafio avassalador, mas muito recompensador, certamente. Esse futuro que temos juntos continuará a coincidir com crises, incerteza e imprevisibilidade; uma pandemia com consequências várias na forma como trabalhamos; e a maior crise de segurança na Europa após a Segunda Guerra Mundial.

Para fazer face à conjuntura, mas sem perder de vista a matriz estruturante e estrutural da PWN Lisbon, são nossos desafios:

1) a maturidade de todos os programas e iniciativas já existentes (Youth, Neuroleadership, Mentoring e Engaging All);

2) um ainda maior espectro e capacidade de representação e pluralidade organizacional do ecossistema de parcerias;

3) a consolidação de uma academia especializada que proporcione, por via do role model e da formação, uma matriz de referências e de competências fundamentais;

4) o reforço e a ampliação de uma rotina de mapeamento e relação com stakeholders estratégicos na preconização da liderança diversa, plural e inclusiva;

5) o fortalecimento da presença em contextos institucionais relevantes;

6) a medição do impacto da atividade da organização sobre o desenvolvimento profissional dos membros;

7) e a preservação essencial da sustentabilidade da organização.

O desafio é muito grande. Mas o nosso entusiasmo é maior. E temos a confiança de que o mundo precisa de (todos) nós.

 

PME Magazine – 12 anos depois conseguem identificar exemplos de mudanças reais devido à ação da PWN Lisbon? 

Paula Perfeito – Medir a forma como cumpre o seu propósito não é linear, dado que os seus resultados são em grande medida intangíveis e estão associados ao sucesso de cada profissional que com a PWN Lisbon encontrou o seu próprio propósito de vida e carreira. Na vida de cada pessoa impactada está o resultado do nosso trabalho.

Mas, objetivamente, a PWN Lisbon é, entre o universo de 28 city networks da PWN Global, a mais emblemática, quer por reunir o maior número de membros, quer por estar ancorada num modelo inédito de parcerias corporativas estratégicas, abrangendo diferentes setores de atividade e tipos de organização. E, ainda, por ter fundado programas de liderança e mentoring de uma forma pioneira em Portugal, há mais de uma década, quando ainda não havia referências nacionais relevantes nessas áreas.