Home / OPINIÃO / A importância das ferramentas de orçamentação
Margarida Gomes GSTEP ferramentas de orçamentação pme magazine
Margarida Gomes, consultora na GSTEP (Foto: Divulgação)

A importância das ferramentas de orçamentação

Por: Margarida Gomes, consultora na GSTEP

O controlo orçamental de uma empresa estabelece orçamentos, relacionando as responsabilidades dos executivos às exigências de uma política de melhoramento e monitorização contínua dos resultados reais com os previsionais, seja para garantir por ação individual o objetivo delineado, seja para fornecer uma base para sua revisão periódica.

Perder muito tempo para formular o orçamento de um só departamento dentro das organizações é algo inconcebível nos tempos que correm. Uma das formas de melhorar o controlo orçamental é procurar no mercado soluções com elevados níveis de performance, com processos automatizados para tornar ainda mais eficiente o seu trabalho e mais eficazes as suas análises, com o objetivo de otimizar os seus processos de decisão, aumentando o nível e qualidade da gestão das empresas.

Imaginem um robô de cozinha, concebido “para preparar refeições saudáveis e deliciosas, com receitas passo a passo sem ficar o dia todo na cozinha, com milhares de receitas à escolha”, na realidade, uma solução para a elaboração do orçamento não está muito longe disto. Quando pensamos nestes gadgets, sejam eles de culinária ou de orçamentação, queremos sempre algo que tenha no package: poupança de tempo, de dinheiro, várias opções de receitas, ser user-friendly e que nos dê asas à imaginação.

 

Leia o artigo na íntegra na edição de julho da PME Magazine.