Home / MERCADO / Economia / Bruxelas corta previsões de crescimento da zona euro e da UE para este ano
Economia
Para 2023, o crescimento deverá ser de 2,3% (Foto: Unsplash)

Bruxelas corta previsões de crescimento da zona euro e da UE para este ano

Por: Maria Carvalhosa

Bruxelas cortou as previsões de crescimento da zona euro e da União Europeia para este ano, o que, segundo revela o “Financial Times”, se deve ao disparo nos preços da energia, referente ao conflito na Ucrânia.

A crise energética que originou um disparo nos preços levou a instituição presidida por Ursula von der Leyen a ficar mais pessimista relativamente às suas previsões.

Bruxelas previa, inicialmente, um crescimento de 4%. Contudo, de momento, vai rever em baixa este valor para 2,7%. A inflação, por sua vez, vai ser revista em alta para os 6%, antes de recuar 2,7%, em 2023, na zona euro.

Para o ano de 2023, o crescimento deverá rondar os 2,3%.