Home / MERCADO / Economia / PIB com variação negativa de 5,4% no primeiro trimestre
dinheiro PIB economia
PIB recua 5,4% no primeiro trimestre de 2021 (Foto: Unsplash)

PIB com variação negativa de 5,4% no primeiro trimestre

De acordo com o Instituto Nacional de Estatística (INE), o PIB registou uma variação homóloga de – 5,4% nos primeiros três meses do ano. Os dados recolhidos representam o impacto do confinamento na economia.

De acordo com a nota do INE, o PIB, “em termos reais, registou uma variação homóloga de -5,4% no 1º trimestre de 2021 (-6,1% no trimestre anterior), refletindo os efeitos do confinamento geral decretado no início deste ano devido ao agravamento da pandemia Covid-19”.

Em comparação com o quarto trimestre de 2020, verifica-se que o PIB diminui 3,3%. Este recuo justifica-se pelo impacto das medidas de restrição aplicadas durante o agravamento da pandemia e, de acordo com a nota que acompanha a divulgação dos resultados, “os contributos da procura interna e da procura externa líquida para a variação em cadeia do PIB foram ambos negativos, sendo particularmente intenso no primeiro caso”.

Contudo, a procura externa líquida apresentou um contributo menos negativo em comparação com o 4º trimestre, “porém, a verificar-se uma contração mais intensa das Exportações de Bens e Serviços que a observada nas Importações de Bens e Serviço”, reiterando “em particular, a redução muito significativa do turismo de não residentes.”

Comparativamente aos primeiros três meses do ano passado, o PIB recuou 2,2% face ao período homólogo (2019). Ainda assim, em 2020, a economia portuguesa acabou por registar uma queda de 7,6% em volume, também justificada pelo impacto da pandemia Covid-19 na economia.

Recorde que, para este ano, de acordo com o Programa de Estabilidade 2021-2025, o Governo antecipa que o PIB cresça cerca de 4%, e em 2022 cerca de 4,9%.