Home / MERCADO / Economia / Unicórnio Mollie abre Centro de Desenvolvimento em Lisboa
Mollie
Espera-se que a empresa contrate 20 profissionais para as áreas de engenharia de software e de gestores de produtos. (Foto: Unsplash)

Unicórnio Mollie abre Centro de Desenvolvimento em Lisboa

A startup holandesa, Mollie, vai abrir o seu primeiro Centro de Desenvolvimento em Lisboa com o objetivo de acelerar e expandir o desenvolvimento dos seus serviços. Até 2023, o unicórnio europeu pretende contratar 100 colaboradores.

A startup pioneira na indústria de pagamentos, Mollie, escolheu Lisboa como local para abrir o seu primeiro Centro de Desenvolvimento. Com vista a expandir o desenvolvimento dos seus serviços, a fintech vai recrutar mais 100 trabalhadores até ao final de 2023. Este anúncio surge depois da startup “ter levantado 665 milhões de euros na ronda de série C, aumentando assim a sua valorização para 5,4 mil milhões de euros”.

Até ao final deste ano, espera-se que a empresa contrate 20 profissionais para as áreas de engenharia de software e de gestores de produtos. Em 2022, a Mollie vai aumentar a sua equipa para 60 colaboradores, “ambicionando alcançar a meta de mais de 100 colaboradores em 2023”.

Para Marco Santos, CTO da Mollie, a empresa “é uma das maiores fintechs privadas da Europa e temos planos sólidos para acelerar o desenvolvimento de produtos que respondam às crescentes necessidades dos nossos clientes”. O CTO partilha o entusiasmo “por vir para Portugal”, e acredita que “a capital portuguesa tem um ecossistema de tecnologia muito forte e de rápido crescimento e uma diversidade de universidades de ciência e engenharia de referência a nível mundial”.

Sabe-se que quem irá coordenar o Centro de Desenvolvimento será Diogo Antunes, Senior Engineering Manager na Mollie. “Como portugueses, conhecemos as capacidades incríveis do talento em engenharia que emerge em Lisboa. Estou muito entusiasmado por liderar o nosso novo Centro de Desenvolvimento e ajudar a Mollie a concretizar aquela que é a sua visão de se tornar o fornecedor de serviços de pagamento preferido do mundo”, afirma Diogo Antunes.

De salientar que em novembro, a Mollie vai participar nos eventos da Web Summit e da WomenHack.