Home / OPINIÃO / Segurança, a nuvem e os administradores das empresas
Carlos Sanchiz aws nuvem
Carlos Sanchiz, arquiteto de soluções da AWS (Foto: Divulgação)

Segurança, a nuvem e os administradores das empresas

Por: Carlos Sanchiz, manager, arquiteto de soluções da Amazon Web Services Iberia

Os administradores de empresas reconhecem cada vez mais a importância das defesas de segurança que a nuvem oferece, de forma inigualável, mantendo os dados seguros e protegendo as organizações.

A segurança na nuvem cria uma infraestrutura segura, ágil e flexível, para operar e navegar num cenário de negócios em permanente mudança. No entanto, há sempre espaço para as empresas fazerem mais no que toca à segurança. Seja a investir em talento, apostar na retenção dos especialistas ou a dar prioridade à alocação de recursos para garantir segurança e eficiência.

Mas todos os negócios são diferentes e as soluções de segurança em nuvem devem poder ser escaladas, para acompanhar o crescimento dos negócios.

Não é apenas uma decisão da direção de segurança da informação

Os administradores com o pelouro da segurança da informação (CISO, na sigla em inglês) controlam os aspetos técnicos dos programas de segurança. Mas a responsabilidade por iniciativas mais amplas de segurança abrange todo o negócio. Os principais decisores, como o presidente executivo (CEO) ou o administrador financeiro (CFO) precisam de se envolver nestas estratégias desde o início. Ter processos implementados para serem informados rapidamente se ocorrer uma violação e desempenhar um papel ativo na gestão do processo de recuperação e minimização de impacto.

Todos os administradores executivos têm de perceber que o Regulamento Geral de Proteção de Dados (RGPD) influencia a saúde financeira e resultados da empresa. O conselho deve assumir responsabilidade coletiva sobre a gestão do cumprimento da regulação (compliance). Ao escolher um fornecedor de cloud, esses executivos assumem a responsabilidade conjunta de discernir em quais parceiros podem confiar no esforço para cumprir o RGPD. Uma decisão unânime da administração quanto ao fornecedor de nuvem é essencial na prevenção de problemas e faz as empresas progredir numa estratégia clara de segurança e compliance.

Priorizar recursos

As empresas mais atentas têm como objetivo proteger todos os ativos, geralmente focando-se na ameaça mais perigosa a qualquer momento. É aqui que a administração entra em cena. Tendo uma visão alargada sobre toda a empresa e o seu rumo futuro, os líderes de negócio garantem que os recursos certos estejam nos lugares certos para manter os dados seguros. Desde priorizar o foco de uma equipa, a entender a complexidade dos dados na rede e partilhar informações valiosas sobre os padrões do setor para proteger informações na nuvem ou em data centers. Essa colaboração entre equipas de segurança e administração ajuda a proteger contra ameaças. É aqui que os fornecedores da cloud dão o suporte: com serviços, processos e tecnologia avançada, como a criptografia, para proteger todos os dados guardados na nuvem.

Formar a administração e negócio

Os administradores das empresas que estão conscientes da importância da segurança cibernética nos negócios desempenham um papel proativo ao definir a estratégia de segurança.

Na AWS ajudamos a entender serviços e tecnologia de segurança na nuvem para que se possa criar soluções que protejam a empresa e apoiem a inovação. Ao formar todas as equipas sobre os benefícios das ferramentas de nuvem e segurança cibernética, os funcionários ganham confiança e responsabilidade sobre processos de segurança cibernética. Daí empresas precisarem de investir mais em competências e inovar na segurança da nuvem.

Reter e proteger talentos de segurança cibernética

As organizações precisam de pensar nos benefícios que oferecem de forma global, desde o salário a oportunidades de progressão na carreira. Num mercado de talentos competitivo, as empresas devem manter altos padrões, mas equilibrar as oportunidades de progressão na carreira com vantagens personalizadas para cada um dos funcionários.

A segurança começa no topo

O sucesso da segurança consiste numa liderança funcional dinâmica que une negócios e lidera o processo. Tem de se entender a totalidade do negócio: priorizar recursos; investir na tecnologia certa e reter talentos que permitam à empresa avançar numa agenda digital que mantenha os dados seguros. Trabalhando juntos e com uma visão clara, sustentada numa cloud flexível e ágil como a AWS, qualquer empresa pode ter vantagem competitiva e diferenciar-se. Isso começa e termina na sala do conselho de administração.